Prefeitura Municipal de Catanduva

Aumentar Diminuir Contraste Acessibilidade

// PROPOSTA COMDU

separador

Proposta melhora acesso à rua 7 e prolonga av. Rio Brilhante

 

A Prefeitura de Catanduva encaminhou à Rumo Logística projeto elaborado pela Comissão Técnica de Trabalho, eleita pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano (Comdu) em reunião realizada no dia 7 de junho. O grupo é composto, sobretudo, por engenheiros e arquitetos da sociedade civil. A proposta faz melhorias no plano de mudanças viárias apresentado à população há cerca de três meses.

 

O novo estudo, fundamentado no Plano Municipal de Mobilidade Urbana, otimizou soluções e reduziu distâncias para melhorar o acesso à rua 7 de Setembro após a retirada do viaduto, de forma a valorizar o eixo comercial já existente. Também foi incluída a necessidade de prolongamento da avenida Rio Brilhante, no Salles, até a avenida Benedito Zancaner, próximo à Rodoviária, para desafogar a rua São Paulo.

 

Para o arquiteto Carlos Bittencourt Ribeiro, presidente da comissão de profissionais que se debruçou sobre o projeto, as alterações têm o intuito de reduzir distâncias e propor alternativas viárias. “De forma imediata, precisamos traçar rotas de trânsito para transpor a linha férrea e driblar o aumento contínuo de fluxo dos trens.”

 

Agora, a proposta do Comdu está sendo analisada pela equipe técnica da Rumo, que também avalia outras possibilidades para solucionar os conflitos existentes nos cruzamentos da linha férrea com a malha viária urbana, na área central da cidade. A empresa não fixou prazo para apresentar devolutiva sobre as mudanças indicadas.

 

 


Vídeo no site

Os profissionais que desenvolveram o estudo apresentaram um vídeo para ilustrar como ficaria o sistema viário do município, a partir da intervenção que seria custeada pela Rumo, com dois novos viadutos para transpor o trilho e uma nova ponte sobre o rio São Domingos. O material está no site www.catanduva.sp.gov.br.

 

Contorno Ferroviário

 

O projeto de construção do novo contorno ferroviário de Catanduva, pleiteado pela Prefeitura desde 2005, está em fase final. A confirmação foi feita pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em ofício recebido pelo prefeito este mês. A obra está orçada em R$ 162,1 milhões.

 

Para ser concluído, o projeto depende apenas da liberação de licenças ambientais. Depois, demandará dotação orçamentária para licitação e concretização. A obra permitirá a retirada do trecho ferroviário que passa pelo perímetro urbano da cidade.

separador

Prefeitura de Catanduva | www.catanduva.sp.gov.br | Ouvidoria 0800-772-9152