Prefeitura Municipal de Catanduva

Aumentar Diminuir Contraste Acessibilidade

// CONSULTAS

separador

Catanduva contabiliza 3,5 mil faltas a consultas em 11 meses

 

O desperdício de recursos financeiros com as faltas em consultas médicas superou R$ 35 mil, em Catanduva, ao longo de 2018. Conforme relatório da Central de Regulação da Secretaria Municipal de Saúde, 3.500 ausências de pacientes foram registradas na atenção especializada, entre janeiro e novembro do ano passado.

 

O número representa 18% de faltas em atendimentos a diversas especialidades. O balanço mostra uma redução de 1.599 pessoas que não compareceram às consultas especializadas, no comparativo com o mesmo período de 2017. Na época, foram contabilizadas 5.099 faltas.

 

Atualmente são 31 especialidades médicas para agendamento de consultas e, no total, 52,8% das ausências são atribuídas a quatro delas: oftalmologia (827), dermatologia (399), ortopedia (386) e neurologia (238).

 

O não comparecimento à consulta agendada acarreta aumento da demanda reprimida, já que o paciente “faltoso” volta para o final da fila, os indicadores de produção são afetados, geram-se custos elevados diante à ociosidade dos recursos disponíveis, sejam eles físicos ou humanos. Além disso, perde-se a oportunidade de oferecer assistência a outro usuário que necessita de atenção à saúde.

 

A Secretaria de Saúde de Catanduva orienta ao usuário que não puder comparecer à consulta marcada que comunique a unidade de saúde, com pelo menos 3 dias de antecedência, para que seja possível disponibilizar a vaga ao próximo paciente da fila de espera.

 

“Isso proporciona que o próximo paciente seja atendido, evitando o desperdício de recursos (humano, físico e financeiro) e o aumento da demanda reprimida”, ressalta.

 


separador

Prefeitura de Catanduva | www.catanduva.sp.gov.br | Ouvidoria 0800-772-9152